Codebits2011

post mortem

Durante a sessão de perguntas e respostas após ter dado a talk no codebits, fui abordado sobre vários aspectos. Um deles, aquele que mais insistiram foi o facto de eu estar a usar uma forma de controlar o bicopter completamente nova, e apontavam-na como a razão para a falha do projecto. É certo que usar uma app criada do zero para o efeito introduz variáveis desconhecidas. Mas a grande verdade é esta, duas semanas após ter apresentado o bicopter ao público, um amigo de longa data entregou-me um avião de esferovite com um sistema de rádio de 27Mhz “old school”.

o vídeo da apresentação

How I’m building my bi-copter with Arduino and Android [How I’m building my bi-copter with Arduino and Android ]1

A escassas horas da apresentação

Nesta altura já tinha sido feito tudo o que estava ao meu alcance, no que dizia respeito ao hardware para o bicopter. Só faltava afinar alguns pormenores na app Android para controlo. Claro que se não fosse a ajuda do Rafael (@metalweirdo), ainda hoje estaria às voltas com a aplicação. Completamente minado pelo RedBull, estava mentalizado de que a apresentação iria ser um fracasso, no ponto de vista de ‘não voo’, e focando-me apenas na informação de explicar o que é que correu mal e como resolver os problemas que foram detectados.

Versão pré-final

Final de Setembro de 2011, já estava decidido o aspecto da coisa. Erros desta escolha de montagem: giroscópio longe do centro de gravidade desiquilibrio na montagem dos motores pouca massa do conjunto

Video promocional 01

Em meados de Outubro, mostro ao mundo o primeiro vídeo do bicopter.   2011-10-26 A versão do hardware e software que está no bicopter, vai mudar muito pouco ou quase nada em relação ao que foi apresentado no Codebits 2011. Daqui em diante, todo o esforço será feito no software Android, principalmente com a preciosa ajuda do Rafael Pato, que tratou dos menus como um mestre. Os ajuste finais foram feitos a horas de apresentar a talk, bem ao estilo Português.

Testes funcionais

Em meados de Setembro, já tinha todos os blocos prontos no que diz respeito às partes lógicas do bicopter. Nesta foto, já estava decidido a forma de como iria proceder à montagem dos motores e respectivos servos. Os testes estavam a ser feitos com o meu Arduino Duemilanove, pois não fazia ainda sentido ligar tudo de forma definitiva. 2011-09-19     Esta montagem tinha duas das peças mais intricadas que eu fabriquei até à data, tudo feito manualmente sem recurso a torre de furação, nem a torno.

Primeiros testes com motor + ESC

Assim que chegou o primeiro conjunto de motores brushless + ESC, tratei logo de fazer testes com o Arduino, usando apenas a saída PWM para colocar o motor nos vários modos, armado, on e off. 2011-08-25  

Módulo bluetooth

Este módulo é o responsável por receber os comandos vindos do telemóvel e entregar ao Arduino via porta série. 2011-08-02 Assim que o recebi, tratei logo de descobrir a forma de alterar a velocidade para o máximo possível, 115200 baud, assim como os outros parametros de configuração. Embora a taxa de envio de dados para o MultiWii não deva ultrapassar os 50Hz, tal como se passa em todos os outros tipos de comandos, achei por bem elevar ao máximo.

foto da build apresentada no codebits 2011

algumas fotos tiradas durante o Codebits 2011 pelo Nuno Dantas