A escassas horas da apresentação

Nesta altura já tinha sido feito tudo o que estava ao meu alcance, no que dizia respeito ao hardware para o bicopter.

Só faltava afinar alguns pormenores na app Android para controlo.

Claro que se não fosse a ajuda do Rafael (@metalweirdo), ainda hoje estaria às voltas com a aplicação.

Completamente minado pelo RedBull, estava mentalizado de que a apresentação iria ser um fracasso, no ponto de vista de ‘não voo’, e focando-me apenas na informação de explicar o que é que correu mal e como resolver os problemas que foram detectados.

categorias: arduino, bi-copter, bluetooth, codebits2011, Duemilanove, final, testes,