post mortem

Durante a sessão de perguntas e respostas após ter dado a talk no codebits, fui abordado sobre vários aspectos.

Um deles, aquele que mais insistiram foi o facto de eu estar a usar uma forma de controlar o bicopter completamente nova, e apontavam-na como a razão para a falha do projecto.

É certo que usar uma app criada do zero para o efeito introduz variáveis desconhecidas.

Mas a grande verdade é esta, duas semanas após ter apresentado o bicopter ao público, um amigo de longa data entregou-me um avião de esferovite com um sistema de rádio de 27Mhz “old school”.

2011-11-30

 

Alterado o código do MultiWii para receber dados da forma convencional, o resultado final foi…

… exactamente o mesmo.

Ou seja, a tão criticada opção de controlar o bicopter pelo Android era mito. O problema sempre esteve na forma escolhida para a build.

 

categorias: bi-copter, bluetooth, codebits2011,