o primeiro semestre

algo de estranho se passou nestes últimos quatro meses.

sim, fiquem já a saber que os semestres de estudo são só quatro e nem sequer são quatro meses completos, há duas semanas de férias natal pelo meio.

%%%

o que se passou de estranho é que o semestre não foi estupidamente dificil de concluir como eu inicialmente pensava. certo é que as notas finais também não revelam um nível de aprendizagem elevado. ou isso ou a incapacidade dos professores de nos fazerem aprender a matéria de forma coerente.

houve bons e menos bons momentos, não houve portanto assim nada de mais em relação a coisas más.

em seis cadeiras, tenho já notas de quatro delas, todas positivas.

noutra estamos a aguardar a nota, mas aqui não se preveêm surpresas.

outra a coisa correu menos bem. o teste foi francamente injusto, pois focava-se em aspectos tão expecíficos como uma frase concreta no meio de um caso de estudo com 12 páginas…

isto na tal cadeira onde dois trabalhos tiveram um 18 como nota parcial. mas o que contava mesmo era que o teste escrito tivesse pelo menos 7.5, o que não aconteceu.

mas a maior confirmação de todas de como o teste foi injusto, é a nota mais alta da turma, 11. sim! 11 em 20. se a nota mais alta, ou a maioria das notas se situasse acima dos 15 e eu com 7, era claro, eu não tinha estudado nem entendido nada da matéria. mas não, o teste estava mesmo preparado para que quase ninguém passase na avaliação continua e que tivesse que ir para exame.

enfim, dia 15 lá estarei para o exame, preparado da melhor forma que conseguir para superar a prova.

de resto, fica retido o seguinte na minha memória relativamente às aulas, dar mais atenção aos assuntos, questionar muito mais o professor quando a matéria não fizer muito sentido, o que vai acontecer pelo menos em métodos quantitativos, a minha nova némesis.

tentar arranjar um método qualquer para tomar apontamentos, o que efectivamente não tem servido para muito e elevar bastante o nível de concentração.

ter a noção que os trabalhos individuais ou de grupo ajudam a elevar a nota, mas que não se deve perder tempo em demasia a aprimorar a coisa.

e continuar com o plano de acabar isto em três anos, com o mestrado a seguir, ou mesmo casado com o terceiro ano, logo se vê.

(I look forward to your letters)

EDIT: faltou deixar bem claro que este semestre foi inteiramente realizado sem ter que recorrer a tecnologias fechadas. o meu PC corre Ubuntu Netbook Remix, o desktop de casa Fedora 13 x86_64 e a ferramenta de produtividade foi o Google Docs. os programas em C foram editados com o Eclipse CDT e foi usado um servidor SVN sobre apache, que corre Fedora 14 x86_64

categorias: estudo,