em apenas quatro dias

falando um pouco da conjuntura actual, tenho que confessar que fiquei perplexo de ver como a nossa sociedade de consumo se tornou tão frágil.

nunca antes se tinha visto faltarem produtos básicos nas prateleiras dos supermercados, coisas tão simples como fruta, legumes, carne e peixe frescos.

postos de combustíveis completamente secos.

não, assim não! não houve nenhuma ameaça de guerra, nem nuclear nem convencional.

nada de mais, na verdadeira essencia da palavra.

o que houve foi só uma paragem de toda a frota terrestre de transportes pesados.

foi só isso! um bloqueio puro e simples de tudo o que faz mover o país. fica portanto demostrada toda a fragilidade do sistema.

adivinhem então o que será quando o petróleo começar a escassear de facto.

já que os ‘lobbies’ das gasolineiras impedem o mundo de evoluir para lá do petróleo, cabe a cada um de nós o empenho na mudança dos nossos hábitos. é difícil pensar num mundo diferente, mas ele chegará, talvez não no meu tempo de vida, mas seguramente nos próximos 50 anos.

categorias: coisas da minha mona,