a vida não é só isto!

Para o conteúdo | Para o menu | Para a pesquisa

Quarta, Junho 15 2011

segundo semestre

neste momento já só me faltam três testes, dois deles a prometer luta, e acabo o segundo semestre.

em primeira análise, diria que houve um grande excesso de confiança face aos resultados obtidos no primeiro semestre, e que me fizeram ter um pouco menos de atenção relativamente à matéria.

se no primeiro semestre ninguém fazia ideia para o que é que vinha, neste segundo pudemos de alguma forma entender melhor a mecânica do estudo universitário, e adaptar o método de estudo.

eu acho que me desleixei um pouco face ao que previa, o que provavelmente deve resultar numa média um pouco inferior face ao primeiro.

este foi mais um semestre onde só aprendi matéria realmente nova numa cadeira, Métodos Quantitativos, e que em todas as outras foi um pouco mais do mesmo, com honrosas excepções.

conseguimos reunir uma boa equipa de estudo, em que as ideias de todos com o conhecimento colectivo ajudaram de forma realmente positiva ao sucesso comum.

foi particularmente interessante ter conseguido aprender o suficiente para explicar a matéria a um dos meus colegas, que por razões pessoais não pode estar presente nas aulas. e sim, a matéria era de facto matemática, aquela matéria que eu insisto em dizer que não percebo nada :).

estou um pouco ansioso por ver como é que me saio nos três testes que já fiz e também que raio de matéria é que vai sair nos restantes três.

há também um relatório técnico a fazer sobre o jogo Android-PC, e que irá ajudar à nota.

e fico por aqui, aulas a seguir.

Domingo, Maio 22 2011

progresso, com 20 anos de atraso

hoje conduzi pela primeira vez no troço final da CRIL.

levou só vinte anos a ficar pronta.

mas o povo, esse povo bronco que temos em Portugal, esse não aprende.

está certo, também foi num domingo, dia em que os carros vao dar uma volta para disfarçar o cheiro a naftalina, mas o facto é que esta gente anda na estrada como anda no shopping, a ver montras.

é de uma tal estupidez que me aflige.

o traçado da estrada também não ajuda, com as inúmeras entradas e saídas e entradas, paineis informativos, sinais e afins.

mas é preferível que a estrada esteja aberta, agora só falta o fim do IC16 a ligar com a rotunda de Alfornelos.

só assim este 'pesadelo' do planeamento do trafego da região metropolitana de Lisboa fica mais ou menos completo.

a ver quantos mais meses vão passar.

Terça, Maio 17 2011

no software patents

no passado sábado eu e mais quatro moços fizemos uma viagem ao Porto.

641 Km num dia :)

dirão talvez que fomos todos um pouco loucos. e talvez tenhamos sido.

mas a razão para a viagem foi suficientemente forte para tal, assistir a uma palestra do Richard Stallman sobre o problema das patentes de software.

Portugal é um dos países da Europa que ainda não tem este flagelo que assola o desenvolvimento de software pelo mundo fora, especialmente os USA.

embora eu tenha quase toda a palestra gravada em vídeo, coloco aqui apenas a parte que nos pareceu ser a mais significativa de todas. peço desculpa pela má qualidade do vídeo, mas o certo é que gravar coisas com um telemóvel tem destas coisas.



contextualizando a explicação, embora as patentes possam fazer sentido para quem cria produtos físicos, tal não faz qualquer sentido para software, pois software não é nada mais do que a implementação de algumas funções matemáticas.

não há a preocupação (existente na engenharia de produtos físicos), de haver uma preocupação extrema de implementar que possa irá influenciar outras partes do nosso produto.

irei rever esta palestra com tempo (que agora não tenho) e colocar mais excertos onde tal faça sentido.

nota: este artigo e o vídeo nele contido estão cobertos ao abrigo da licença CC-ND.

Sábado, Maio 7 2011

Portugal, o meu país

fruto de alguma insatisfação sobre posições políticas de alguns países face à crise financeira pela qual Portugal está a passar, nomeadamente a Finlandia, houve quem se lembrasse de criar um vídeo para explicar o país brilhante em que tenho o orgulho de viver.

e sem mais comentários, deixo aqui o link para o vídeo, já que parece que o dotclear não está a colaborar com o embed...

Quarta, Maio 4 2011

novos sons, para outros ouvidos

foi antes de ter ido de férias, aqui há umas semanas que um colega me disse, "é pá tu vai mas é ouvir o programa lado b, para veres o que é boa música".

e eu, contrariado, mas bem mandado, lá fui.

que espanto!

que surpresa!

que delicía foi começar a ouvir os primeiros programas, escolhidos quase ao acaso de entre os mais de 100 que estão disponíveis no arquivo.


em resumo, recomendo, vivamente.

tanto que um dia destes até ando por aí a fazer publicidade e tudo :)

nota: as minhas férias nos trópicos foram acompanhadas em exclusivo por estes programas, no meu querido amazon kindle, o que fez com que até tivesse batido o meu recorde pessoal de leitura e tudo, mas já estou a divagar...

boa música, programa lado b (ponto)

Sexta, Abril 15 2011

androdot

pois vamos então ver que tal se porta este programa para escrever artigos no blog a partir do android.

teste, teste, 123

Domingo, Abril 10 2011

Sr. Engenheiro

lamento mas não, este artigo não tem mesmo nada a ver com o período conturbado pelo qual o nosso país está a passar.

tem a ver apenas e só com a certificação que obtive na sexta-feira passada e que hoje pude receber a confirmação escrita.

demorei dois anos a conseguir este objectivo, entre problemas de agendamento de curso e outras idiotices fora do meu domínio.


uma semana de curso intensivo, cumprido à risca até ao fim (o que não costuma normalmente acontecer).

um colega de curso e um formador, ambos com uma experiência fenomenal no assunto em mãos, sistemas operativos Linux.


mas pronto, depois de algum estudo em casa, usando toda a minha experiência lá fui fazer os dois exames na sexta.

e o resultado foi:

RHCSA 282 pontos em 300 (94%)

RHCE 273 pontos em 300 (91%)

o certificado está disponível no site da Red Hat.

p.s. apesar do título meio jocoso do artigo, não precisam de me chamar Sr. Engenheiro :)

Quinta, Março 10 2011

a nossa terra

confesso.

eu trato Belas, a aldeira onde passo as noites, como um dormitório.

nem mais nem menos.

isto porque não me involvo de que forma seja com ela, para mais do que usar os serviços (de excelência, devo dizer) de algumas das lojas da terra.

mas sei, e com grande agrado, que há pessoas que vêem o assunto de forma completamente oposta e que se envolvem com a comunidade no local onde vivem. sim, porque se é para lá se viver, que seja com qualidade e prazer.

achei particularmente curioso o artigo sobre os espaços verdes. simplesmente hilariante.

apareçam por lá, a descer a vossa rua.

Terça, Março 1 2011

um novo projecto

nestas mini férias entre semestres decidi iniciar um projecto novo-velho, que já andava há algum tempo a germinar.

chamo-lhe pomposamente "project Arcade" e tenho um mini-site onde vão aparecer ao longo do tempo algumas informações, fotos, sketches e mais não sei o quê.

é este o local onde o poderão ver

como sempre, agradecemos comentários :)

Terça, Fevereiro 8 2011

o primeiro semestre

algo de estranho se passou nestes últimos quatro meses.

sim, fiquem já a saber que os semestres de estudo são só quatro e nem sequer são quatro meses completos, há duas semanas de férias natal pelo meio.


o que se passou de estranho é que o semestre não foi estupidamente dificil de concluir como eu inicialmente pensava. certo é que as notas finais também não revelam um nível de aprendizagem elevado. ou isso ou a incapacidade dos professores de nos fazerem aprender a matéria de forma coerente.

houve bons e menos bons momentos, não houve portanto assim nada de mais em relação a coisas más.

em seis cadeiras, tenho já notas de quatro delas, todas positivas.

noutra estamos a aguardar a nota, mas aqui não se preveêm surpresas.

outra a coisa correu menos bem. o teste foi francamente injusto, pois focava-se em aspectos tão expecíficos como uma frase concreta no meio de um caso de estudo com 12 páginas... isto na tal cadeira onde dois trabalhos tiveram um 18 como nota parcial. mas o que contava mesmo era que o teste escrito tivesse pelo menos 7.5, o que não aconteceu.

mas a maior confirmação de todas de como o teste foi injusto, é a nota mais alta da turma, 11. sim! 11 em 20. se a nota mais alta, ou a maioria das notas se situasse acima dos 15 e eu com 7, era claro, eu não tinha estudado nem entendido nada da matéria. mas não, o teste estava mesmo preparado para que quase ninguém passase na avaliação continua e que tivesse que ir para exame.

enfim, dia 15 lá estarei para o exame, preparado da melhor forma que conseguir para superar a prova.

de resto, fica retido o seguinte na minha memória relativamente às aulas, dar mais atenção aos assuntos, questionar muito mais o professor quando a matéria não fizer muito sentido, o que vai acontecer pelo menos em métodos quantitativos, a minha nova némesis.

tentar arranjar um método qualquer para tomar apontamentos, o que efectivamente não tem servido para muito e elevar bastante o nível de concentração.

ter a noção que os trabalhos individuais ou de grupo ajudam a elevar a nota, mas que não se deve perder tempo em demasia a aprimorar a coisa.

e continuar com o plano de acabar isto em três anos, com o mestrado a seguir, ou mesmo casado com o terceiro ano, logo se vê.

(I look forward to your letters)

EDIT: faltou deixar bem claro que este semestre foi inteiramente realizado sem ter que recorrer a tecnologias fechadas. o meu PC corre Ubuntu Netbook Remix, o desktop de casa Fedora 13 x86_64 e a ferramenta de produtividade foi o Google Docs. os programas em C foram editados com o Eclipse CDT e foi usado um servidor SVN sobre apache, que corre Fedora 14 x86_64

Quarta, Janeiro 12 2011

super-heroi!

certo,

estou a treinar para super-heroi.

acreditem ou não, recebi há pouco uma notícia que classifico como excelentemente boa e como péssimamente má.

estou a escrever com os mentemente porque me apetece.

e porque fiquei meio chateado e totalmente contente com a notícia.


reza assim, finalmente recebo a confirmação que a formação planeada há dois anos e sucessivamente adiada, vai finalmente ser efectuada.

o problema? nessa semana tenho três exames na universidade!

sou ou não super-heroi?

digam-me

Sexta, Dezembro 31 2010

2010 em revista

no último dia do ano, depois de muitas e tantas peripécias que tive, só e em família, resolvi pela primeira vez olhar para trás e comentar 2010 na minha perspectiva pessoal.

e isto porque em 2009 foi mais ou menos assim.

não vou colocar os acontecimentos por ordem cronológica, vou antes tentar separar por tópicos. vamos a ver se a coisa funciona.


Viagens:

neste aspecto, posso dizer que 2010 foi excelente.

visitámos o Egipto, em Hurghada no Mar Vermelho, com direito a visitar o Vale dos Reis, o Templo de Hatshepsut, Karnak e parte da cidade de Luxor.

fomos semanas depois celebrar um aniversário em Cabo Verde, Ilha da Boavista. até deu para ir visitar um dos lugares mais recônditos da ilha, a faixa de areia mais a sul, que dá pelo nome de praia de santa mónica, a não perder em novas visitas à ilha. sim, porque se não fiquei com vontade nenhuma de voltar ao Egipto, aqui, voltaria já amanhã. nesta praia, até conseguimos ver, e fotografar, baleias!

no pico do Verão, fomos tropicais, e o destino Ilha Hispaniola, lado Este, na República Dominicana. mais propriamente no inicio sul de Punta Cana. um resort de nível médio, mas com a grande vantagem de estar particularmente isolado dos outros e onde se pode ter o verdadeiro descanso.

sol, calor intenso, humidade indescritível e chuva todos os dias, foi exactamente o que marcou este local. a repetir assim que nos for possível.

ainda férias, mas não viagens, passámos uma excelente semana num monte alentejano, a sul de Santiago do Cacém. com mais dois casais, duas crianças e um bebé, powered by Bimby, uma epopeia todos os dias.

aproveitei aqui para experimentar pela primeira vez o jogo de tabuleiro Descobridores de Catan. consegui de tal forma viciar o resto do pessoal, que já perguntaram várias vezes quando é que há nova "Catanada".

seguiu-se um resto de semana de férias na incontornavel Zambujeira do Mar


Wikileaks

ai credo, que me estão a ver as cuecas... quem é que as anda a mostrar? Wikileaks? quem é que manda? "um tal de Julian Assange" ah é, então vamos arrumar com ele de uma vez por todas, vejam lá quais são as multas de estacionamento que ele tem por pagar, se atropelou uma velhinha numa passadeira ou se fez sexo tão violento que o preservativo saiu... wikileaks revela telegramas das embaixadas dos EUA


Jonasnuts

este assunto ainda está a ser um dos grandes no final deste ano, com principal destaque nas redes sociais. (e teve um fim inesperado, mas leiam na mesma)

resume-se ao seguinte, em Fevereiro de 2009 a cliente em questão, recebeu um telemovel como prenda, descobre que ao fim de uns dias tem defeito e dirige-se onde o mesmo foi comprado, uma loja da Ensitel.

nessa loja começa o disparate no tratamento do cliente, como se ele não interessasse para nada, e após muitas voltas e voltas o telefone não é trocado por uma razão absurda, a cliente recorre ao centro de arbitragem de conflitos de consumo e o juiz não lhe dá razão. frustrada, a cliente desiste do caso, manda o telefone reparar e enterra o assunto.

isto já estava tudo mais que esquecido até que recentemente no dia 22 de Dezembro, recebe uma citação pessoal da parte da Ensitel. qual a razão para isto?

a cliente, Maria João Nogueira, descreveu todo o seu ponto de vista relativamente ao assunto no seu blog pessoal, mas a Ensitel quer que ela apague todos os posts, pois considera que a cliente não só não tem razão como está a fazer uma difamação ao bom nome da empresa.

o que a Ensitel não previu com esta acção idiota foi todo o impacto desta situação, pois nem sequer se deu ao trabalho de analisar quem é que a senhora é.

pois bem, é só uma das responsaveis pela plataforma de blogs do Sapo e em que a comunidade tem um especial carinho.

logo no primeiro dia de divulgação do assunto, explodiu tudo no twitter, no facebook, chegou à imprensa convencional a meio da tarde e a uma das televisões ao fim do dia.

ainda agora, se pesquisarem no Google versão Portuguesa, vão certamente descobrir muitas, senão quase todas as referências de ambos os lados.

e espero com alguma apreensão o resultado do lado juridico desta questão.

entretanto como se passaram umas horas desde que comecei a escrever este post, descubro agora que a Ensitel removeu o processo judicial, pediu desculpa e prometeu mudar a atitude perante os clientes.

Parabens pela atitude, Ensitel. só lamento terem demorado tanto tempo a reagir.


Autódromo

graças à amabilidade de uns quantos amigos no Facebook, consegui ganhar uma experiência de condução no Autódromo do Estoril, vários anos depois de lá ter estado numa apresentação de novas viaturas. toda a experiência está no post que escrevi na altura, incluindo um video da volta em co-drive.


Nissan LEAF

mais uma vez graças ao Facebook, tive oportunidade de ser um dos Portugueses que marcaram o test-drive e conduziram um Nissan LEAF em Lisboa.

para quem não sabe, o LEAF é o primeiro carro verdadeiramente produzido em massa que usa EXCLUSIVAMENTE a electricidade como propulsor da viatura.

leiam as minhas impressões e passem também no Youtube, onde está o pequeno vídeo que eu fiz e que o Carlos Martins editou para o Aberto até de Madrugada.


Codebits IV

esta foi completamente inesperada.

do nada, vejo-me a participar na quarta edição daquele que é "o evento" dos programadores portugueses. e pela concentração de Mac's que por lá vi, chego à brilhante conclusão que tenho estado nos eventos errados...

ficam aqui os posts relevantes:

dia 1

dia 2

dia 3

o rescaldo


Universidade Atlântica

sem qualquer tipo de dúvida, este foi o passo mais relevante de todo este ano.

a minha decisão de me tornar um estudante de novo, surpreendeu alguns e agradou a outros.

vou quase a meio do primeiro semestre e até agora a coisa não está fácil, mas também não é para desesperar.

não quero estar a agoirar, mas até agora ainda não tenho nenhuma negativa, yay me!


Trabalho

aqui tudo continuou essencialmente na mesma, os mesmos problemas, as mesmas dificuldades na tomada de decisões, a continuação da falta de liderança a todos os níveis.

pelo lado positivo, fomos o primeiro Instituto Público a ser certificado em ISO 20000, ISO 27000 e ISO 900x (um deles).

vamos a ver como é que a coisa fica para 2011


o resto

lá foi, bom 2011

Segunda, Dezembro 6 2010

Nissan LEAF - test drive

estava uma manhã muito fria em lisboa, 5C para ser mais exacto.

chegado ao local do test-drive, fui direccionado para o Pavilhão de Portugal onde estava situado o showroom.

lá dentro havia uma pequena exposição interactiva onde podiamos ir tomando conhecimento das características do carro, assim como um pequeno jogo para podermos testar as nossas capacidades de condução ecológica.

depois de ler e assinar o Termo de Responsabilidade e de ter mostrado a minha carta de condução, ofereceram-me um questionário de uma folha para preencher depois de ter feito o test drive, assim como um voucher.

saímos para o frio e andámos um pouco até o sitio onde estavam os carros estacionados.

entreguei o voucher para o test drive e a primeira pergunta que me fizeram foi no mínimo curiosa, "tem preferência pela cor do carro?".

foi-me dada uma explicação muito breve sobre o funcionamento dos carros com caixa automática, dos quais eu já tenho alguma experiência, e depois de entender os pormenores especificos do carro,por exemplo o travão de mão electrico e o joystick para engrenar as mudanças, lá arranquei, devagarinho como convém, pois não fazía a mínima ideia do que esperar.

durante os primeiros minutos não deu para perceber muito as diferenças entre este carro e outro mais convencional. só quando pude 'puxar' por ele é que consegui ver as suas "cores verdadeiras". o binário disponível do motor é impressionante, não sei quantos segundos faz dos zero aos 100, mas que é brutal, é.

o sistema de navegação permite dar uma visualização do raio de alcance com a carga actual, incluindo os postos de abastecimentos públicos. como eu ia a conduzir, não pude ver em pormenor todos os aspectos deste sistema.

ao todo, devo ter conduzido o carro durante uns 20 minutos, e em que nos quais não consegui encontrar nada, mas absolutamente nada de negativo a dizer deste carro. a minha cara metade até comentou que o espaço nos bancos de trás era bastante satisfatório e que o conforto é maior do que em carros do mesmo segmento.

mas a "cereja no topo do bolo" foi mesmo apresentada no momento de estacionar. assim que seleccionei a marcha atrás, no painel multi-funções de 7", surgiu a imagem de uma camera que está posicionada na traseira do veículo, permitindo assim efectuar a manobra sem recorrer aos espelhos. e ainda por cima, o computador de bordo sobrepõe um gráfico que "se mexe com o volante", indicando assim o sitio onde o carro irá ficar, oo que ajuda ainda mais à manobra.

claro está, estacionei o carro a olhar para a monitor, confiando apenas na imagem da camera.

(isto para mim não é propriamente uma grande novidade, pois já tinha visto algo similar no Toyota Prius que pude conduzir há uns quatro anos atrás)


agora vamos ao que interessa, os números...

preço total, contando já com o incentivo do governo: 30250€ (mas não inclui as despesas administrativas nem as de transporte) totalmente livre de ISV, no primeiro ano e para sempre

quanto aos custos do consumo, aqui é que os pormenores ficam mais vagos. como se trata do primeiro carro eléctrico a ser produzido em larga escala, ainda não há dados estatísticos para comprovar os números.

os valores que nos são apresentados têm como referência o custo de fazer 100Km.

nos carregadores de rua, de uso público, uma carga rápida de 30 minutos, terá um custo de quase três euros, e no carregador de rua para o lugar privado terá um custo de dois euros por noite.

é claro que estes valores são meramente indicativos e como apenas disponho da minha memória, a realidade pode ser diferente.

um pormenor interessante é que o carro tem um carregador lento incluido no preço, para o carregar em casa (garagem), basta uma instalação electrica apropriada. será possível dizer que uma carga lenta de oito horas, com um contador bi-horário terá um custo de um euro e meio o que em média acresce 60 euros ao valor da factura mensal.

em jeito de conclusão, ficam mais uns números:

se considerarmos o curso de carga mais caro de todos e arredondado para cima, temos um custo de 0.03 € por cada quilómetro. no meu carro a gasolina, cuja média ronda os 7.2lt/100Km, temos um custo de 0.09 € por cada quilómetro. em 5000Km, há direito a uma poupança directa de 318€, mas isso não é tudo.

temos que considerar que no carro electrico não há fluidos a substituir e as manutenções serão mais de recondicionar as baterias do que do resto. típicamente dizem que o custo da manutenção será perto de 15% inferior.

vai haver uma versão deste artigo no blog aberto até de madrugada, com fotos e um pequeno vídeo feito dentro do carro, até lá, divirtam-se

Terça, Novembro 23 2010

licenciatura - as frequências

é certo que eu já sabia que a universidade não era assim tão simples nem tão fácil.

mas o facto é que passar vinte e oito anos sem estudar, sempre causa um certo impacto. pois se há vinte e oito anos atrás o que me afastou da escola foi o fraco interesse pelo estudo, estou prestes a concluir que a minha interacção com a escola se mantém.

mas como a idade é outra a motivação também.

e isto de ter dois dias para estudar é de facto um luxo.

se o primeiro teste me correu mal por uma clara falta de preparação, serviu como um abridor de pestanas.

não vou correr o mesmo risco neste, estou mesmo a passar por todos os tópicos dados nas aulas, de forma a tentar não ser apanhado na curva.

desejem-me sorte, decerto que irei necessitar dela.

Quarta, Novembro 17 2010

codebits 2010 - o rescaldo

vai passar-se algum tempo até que a minha experiência única no codebits se dissipe da memória.

de facto, foram tantas as pessoas que conheci, tantos os conhecimentos que obtive que de vez em quanto lá me lembro de algo realmente extraordinário.

ficam as memórias...

e a viagem épica para casa com o meu querido puff, estranhamente 'ganho' no evento :P

ó para ele, aqui na sala a fazer conjunto com o sofá:

p.s. sim, ainda me falta processar os 14Gb de dados recolhidos no evento

Sábado, Novembro 13 2010

codebits 2010 - dia 3

tem sido relativamente 'duro' participar neste evento.

mais pelo ruído constante, pela emoção de cá estar e pelo puro prazer.

sim, mesmo quem corre por gosto, acaba por se cansar.

mas vale bem a pena o esforço, se vale!

Sexta, Novembro 12 2010

codebits 2010 - dia 2 - the nuclear tacos experiment

numa palavra: DAAAAAAAASSSSSEEEEE!

pronto, já disse (traduzam)

bom, explicando melhor, o taco é de facto picante, do mais picante que há, parece que na tal escala de scoville, é para mais de um milhão.

leia-se, potente comó camandro.

é a combinação do pózinho maravilha, por sinal feito na India, com os chillies, que faz do taco uma verdadeira explosão sensorial.

a primeira dentada que dei não foi muito má, pois não apanhou muito picante.

a segunda já doeu um bocadinho, mas fui suficientemente estóico e fui até ao fim, usando muita concentraçao e capacidade de abstração para que a coisa "não corresse mal".

e lá fui andando até ao ponto em que faltavam duas dentadas para acabar e inevitavelemente lá me vieram lágrimas aos olhos.

vejam a minha "triste" figura, aqui: the nuclear taco experiment

codebits 2010 - dia 2

em directo e ao vivo do codebits 2010, onde tive já a oportunidade de ver umas apresentações no mínimo interessantes.

o Mário Valente, no seu estilo "rock star" falou sobre inovação em explicou porque é que todos estão a fazer isso mal (U R doing it wrong).

depois, foi a vez da apresentação do novo telemovel da TMN (apresentado quase como um sapo phone).

e em seguida, almoço, mcdonalds outra vez :P

agora vamos a ver o que se segue.

sigam-me no twitter, para ficarem a par das mais recentes novidades.

codebits 2010 - rescaldo do dia 1

bom,

confesso, a quantidade de geeks por metro quadrado na sala tejo do pavilhão atlântico, pode assustar alguns.

mas quem corre por gosto...

enfim, é-me de facto dificil colocar por palavras todo o ambiente que se vive no codebits. é tudo altamente informal (embora ontem tenha havido um certo 'ataque de engravatados') e a atmosfera é mais cool que geek.

por muitos videos que eu faça, só ontem fiz seis, nunca se consegue transmitir a coisa de forma consistente.

as inevitáveis criticas à organização:

não há qualquer tipo de reciclagem, o que hoje em dia é francamente condenável,

a comida é fastfood, mcdonalds e pizzahut,

há muito poucos caixotes do lixo espalhados pela sala,

os palcos secundários estão mal situados e são muito pequenos.


aspectos positivos:

tudo o resto.

agora, banhoca e butes para lá :P

EDIT:

faltou referir uma coisa engraçada, eu raramente publico videos e fotos, mas foi muito interessante olhar hoje para as estatísticas no YouTube. a saber, até agora foram estas as views:

Codebits 2010 - Kinect 'demo' Uma pequena amostra de mim a jogar volei numa Xbox 360 e o seu kinect :) Views: 12


Spacebits, yeah! O lançamento do Spacebits dentro do espaço do Codebits EditInsight Views: 4


Codebits 2010 - Spacebits video #3 um pedaço da apresentação do Spacebits, com os novos videos ainda não publicados em http://spacebits.eu Views: 20


Codebits 2010 - uma visão quase aerea do espaço pequeno video da área principal do Codebits, a partir do espaço chill-out ou lounge. Views: 24


Apresentaçao do MEO Jogos O Celso Martinho apresenta ao vivo o novo serviço MEO Jogos, que é uma variante Portuguesa do Onlive americano. Views: 165

Quinta, Novembro 11 2010

codebits 2010 - dia 1

um evento especial, quase por convite e simplesmente único.

é certo que eu, nesta edição pouco mais serei do que um mero espectador, participando de forma muito passiva no evento.

talvez seja selecionado para o presentation karaoke, mas isso será uma forma de diversão para o público em geral :P

já coloquei três videos online, são eles:

Codebits 2010 - 180 graus

Codebits 2010 - Apresentação MEO Jogos

Codebits 2010 - Vista da àrea principal

e para quem não é muito social, aqui fica o live feed para o que vou escrevendo no twitter

- página 2 de 14 -